Brasileiro e a Internet – parte II

Então que mais uma vez, de novo, pela sei-lá qual vez, nós, brasileiros batemos o recorde de tempos de acesso a internet, segundo o [1]NetRatings. Além de mostrar o tempo de acesso, a pesquisa também mostra os sites mais acessados, o que revela o hábito do brasileiro: perder tempo.

Não faz muito tempo uma outra pesquisa apontou que apesar de sermos o topo no tempo de acesso, somos o topo no uso indevido desta.

E querem me convencer de que vender computadores baratos e facilitar o acesso a internet a todos é a solução para os problemas educacionais do país. Deve existir, sim, uma inclusão digital, mas feita direito.

**********

E o senado Eduardo Azeredo enviou, de novo, [2]um projeto de lei para tornar a internet mais segura, onde você teria acesso a informações sigilosas sobre quem está acessando a internet sem precisar do aval de juizes e coisas do gênero. Não é exatamente isso, mas essa foi a minha interpretação.

Por mais absurdo que isso possa soar, após conversar com várias pessoas, concluí que isso é realmente necessário aqui no Brasil, já que não sabemos nos comportar e sempre fazemos mau uso da liberdade que nos é dada.

Até mais

*******
[1] http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u22080.shtml
[2] http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u117438.shtml

Anúncios

4 comments so far

  1. chris on

    sério?

    O.O

  2. João Sem Nome II , O Dormidor da Noite on

    Pô, eu acho que liberdade é igual buraco, não existe meia liberdade.
    A questão da anarquia da internet a do mau uso da falta de lei é uma questão filosófica daquelas braba. Não sei, acho que sou contra o Azeredão ae.

  3. geeknerdnanico on

    Não sou 100% a favor, mas acho que deve haver um controle maior sim. Acho que não deve haver restrições no que você pode fazer em termos de “informação”, porém, utilizar a internet para cometer crimes tá virando rotina. Isso que é complicado.

    Só não sou 100% a favor porque “crimes” pequenos podem cair sobre o usuário comum e aí a liberdade deste ser cortada de vez – como por exemplo, utilizar clientes torrents para obter filmes e seriados que nunca chegarão(am) no brasil, além de músicas “di gratis” nos clientes p2p, e outras warez em geral.

    Não acredito que essa lei vá passar no congresso sem grandes alterações na parte em que trata do cidadão comum e sua privacidade. Cara, o semi-anonimato da internet é foda… como você disse, uma questão filosófica das braba.

    E começo a mudar de novo de opnião… haha! (o que é bom, certo?)

    Abraços

  4. Diego Machuca on

    questão volta a educação…

    desde o começo o gado deveria ser ensinado a mexer com informática, programação, hardware e etc…

    se mal sabem ler, imagina mexer no computador!

    deveria ter um projeto de info-educação


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: