Sarcarsmo: a arte de ser incompreendido(a)

Alguns anos atrás, quase dois anos para ser exato, eu trabalhava em um colégio como auxiliar de informática. Isso significa que eu ajudava na manuntenção preventiva e nas aulas de informática do colégio, desde o primeiro pré até o terceiro ano técnico em administração da instituição. Eu tinha umA “chefA” direta, que era a professora em questão.

Um dia uma aluna da sétima série (ou oitava? agora não tenhon certeza) estava com uma das pernas engessadas, logo, não conseguia fazer muita coisa sozinha. Precisando ir ao banheiro, já no fim da aula, ela e mais duas meninas pediram para irem até lá. Aí a professora perguntou porque precisavam ir as três. Eu, sarcarsticamente e com um senso de humor non-sense disse sem exitar: é para balançar.

Para a minha surpresa e perplexidade as três riram. “Oba!! Entenderam a piada”. Quanta ingenuidade a minha, pois, logo em seguida ouvi: “Mulher não balança! ^^”

Pois é… deu vontade de sair andando ignorando totalmente o não entendimento de algo totalmente non-sense. Será que elas realmente acreditaram que eu não sei como mulher procede após fazer xixi? Sem comentários.

A quase dez anos atrás (lembro bem) eu era um mero adolescente de sétima série, mas já tinha um apuro humorístico mais ácido, se assim posso dizer. Um dia estava conversando com as duas únicas colegas de classe que tinha (isso durante alguma aula mesmo) e aí que o tema era casar/ficar/namorar/trepar. E como na época eu era totalmente introvertido e ainda nem tinha ficado com ninguém soltei a auto-zoação-piada “se as coisas continuarem no rítmo que estão, vou acabar casando virgem”. E o que eu ouço?? “Ah!!! Que legal!!”. Eu, sem entender, pergunto: “Legal?”  e ouço para a minha desgraça “É! É raro homem admitir que vai casar virgem! ^^”. Tive que explicar a piada…

Era só isso que tinha pra falar hoje.

Até!

Anúncios

2 comments so far

  1. Diogo on

    Hehe, acho que isso faz a gente se sentir sozinho mas também é bom quando vc acha alguém com senso se humor (ou perspicácia) compatível.

    Mas deixa eu abusar do seu blog, já que eu ainda não tenho um, e mini-postar algo que me fez rir muito, mas só porque eu tinha um distanciamento:

    Me pediram pra legendar um videizinho que fizeram, e pra conseguir esse feito foi um jornada incrível:
    Eu fiz a legenda, blz com o substitle workshop, ta, agora e pra adicionar a legenda ao video?
    eu peguei o virtualdub, mas pra rodar wmv(é, pois é :|) no virtualdub tem que pegar um plugin wmv, eu pego o plugin mas pra colocar legenda é preciso outro plugin, o subtitler, eu pego o subtitler mas ele só aceita legenda no formato .ssa. eu pego o conversor pra ssa e ele não aceita o meu formato de legenda (.sub) então eu salvo minha legenda como MicroDVD converto pra .ssa e coloco no bendito vídeo feito no bendito MovieMaker.

    Pois é, achei isso ben interessante, achei que nunca ia parar que pegar programas. Ainda bem que existe o Virtualdub pelo menos né. e ainda bem que existe a Apple pra eu poder rir dissso tudo.

    foi mal o abuso, flw

  2. Thiago Borges on

    Haha tambem gosto de ser ironico, acho que é o melhor jeito de escapar das gozacões.

    Abraço


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: