Archive for the ‘Rachmaninov’ Category

Não estou para músicas alegres hoje.

Sábado fui ao show do Devo. Espetacular. Falo disso depois.

Não ando tendo muito o que falar. Falta de tempo pro blogui. Trabalho chato. Não consigo me concentrar nele. Não me importo de estar fora da Dead Line. Não me importo em não entregar as coisas no prazo. Não me importo com ele mais. No inicio pareceu uma decisão sábia aceitá-lo por ser temporário e de curta duração. Hoje soa como uma atitude tola. Acabou por me atrapalhar na faculdade, a qual estou tendo second thoughts e pensando em largar.Tomar atirude drástica e me dedicar ao que realmente desejo.

Hoje não tô muito animado. Chovendo muito. Clima ameno. Bom. Mas estou disperso, mal concentro no meu trabalho. Só quero ficar a ouvir músicas de melodias melancólicas, letras com metáforas ou simplesmente composições clássicas e incrivelmente tristes de Rachmaninov.

Sem vontade de fazer nada.  Nem de ler. Talvez de assistir a filmes que já vi dezenas de vezes. Ou escrever. Ou simplesmente ficar deitado ouvindo músicas de melodias melancólicas ou de melodias felizes mas com um clima triste (conseguem compreender isso? espero que sim, porque não me ocorrem exemplos), pensando em possibilidades que não se concretizaram ou não concretizarão e como seria bom “se”. Querer estar em outro lugar imaginando que talvez eu estivesse melhor lá, mas em seguida cojitar o fato de ser um possível delírio momentâneo e que talvez as coisas só ficariam pior lá. Ou ter a certeza de que as coisas seriam no mínimo diferentes, contudo, saber que não é possível. Não agora.  Pensar que tenho que mudar minha postura com algumas coisas e concluir que boa parte das coisas que queria mudar dependem de fatores externos que me desanimam e me fazem permanecer estático. Não gosto de ser estático. E a mudança não é simples. E estou tentando mudar.

Acho que é o primeiro post confessional deste blogui. Tenho que voltar ao trabalho.

Anúncios